Histórico

Em 1836 a MADRE EMILIE DE VILLENEUVE, fundou ao Sul da França a Congregação das Irmãs da Imaculada Conceição, ou Irmãs Azuis, como são conhecidas, a quem infundiu o espírito missionário. A crescente Congregação, ao poucos, espalhou-se por muitos países e em 1904, após convite de Dom Carlos Luiz D'Amour, Arcebispo de Cuiabá/MT, embarcaram em Bordeus - França, seis Irmãs com destino a Cuiabá aonde chegaram em 26 de outubro de 1904, após 68 dias a bordo do Barco (Etrúria), para se fazer cumprir a herança missionária da fundadora da Congregação.

Alguns anos depois, o pedido dos Padres Franciscanos da Terceira Ordem Regular de São Francisco(TOR), aliado ao desejo ardente de continuar a Missão de Emilie de Villeneuve, que não tem limites, que rompe fronteiras, que busca novos caminhos, fez com que quatro jovens Irmãs atravessassem o continente e chegassem a São Luiz de Cáceres, mas precisamente em 01 de janeiro de 1907, são elas: Madre Imelda Gastou, Ir. Saint Laurent Mages, Ir. Denise Marcou e Ir. Saint Anselme Pomès.

O povo cacerense, caloroso e hospitaleiro, as aguardava no Cais, de onde foram conduzidas a sua nova habitação: uma casinha precária, destituída de tudo, situada à Rua Direita, hoje 13 de junho, que logo se tornou um oásis de oração e aprimoramento de fé daquelas valentes Missionárias Azuis. Estabeleceu-se então a Comunidade das Irmãs da Imaculada Conceição.

Em fevereiro do mesmo ano começaram sua obra educadora, dando os primeiros passos no terreno da Educação com os Cursos de Alfabetização, Pintura, Bordado, Música e Artes Domésticas, nascendo assim, um modesto e esperançoso educandário de escola Primária sobre a proteção de Maria Imaculada. A Catequese, a Formação Humana e Cristã, a visita aos pobres e enfermos sempre ocupou lugar de preferência na vida das Irmãs. Os primeiros meses de fundação foram cheios de lutas e de sacrifícios. Devagar o colégio, junto com a cidade, foi crescendo e as Irmãs, aprimorando e aperfeiçoando o seu método de ensino. Fundou em 1953 o Curso Ginasial, um avanço para Cáceres, passando a denominar-se Ginásio Imaculada Conceição. Em 1957 criou o Curso Normal que funcionou até 1975, um marco na Educação em Cáceres, contribuindo para a permanência dos jovens na nossa cidade.
Até então era uma escola estritamente feminina, passando a ser uma Escola Mista em 1989.

O Colégio Imaculada Conceição, com 104 Anos de história (1907-2011), conserva sua essência e originalidade, oferecendo a comunidade de Cáceres e região, apesar de toda complexidade do mundo atual, uma Educação Básica, de qualidade, reconhecida conforme as exigências da Legislação Educacional e adequada também para receber alunos Portadores de Necessidade Especiais, nas seguintes Etapas de Ensino: Educação Infantil ao Ensino Médio, consubstanciada sempre nos valores cristãos e no carisma da Madre Emilie de Villeneuve, contribuindo na formação de seus educandos, sensibilizando-os a terem atitudes: ética, moral e cristã, com uma consciência lúcida, ousada e crítica frente aos desafios do seu tempo.